Este blog

Padrão

Há muitos anos li “Cartas a um jovem poeta” de Rainer Maria Rilke. Uma profunda lição de vida na forma de dez cartas escritas por Rilke a um jovem alemão que vivia momentos de incerteza quanto a seu futuro como poeta.

“Procure entrar em si mesmo. Investigue o motivo que o manda escrever;

examine se estende suas raízes pelos recantos mais profundos de sua alma;

confesse a si mesmo: morreria, se lhe fosse vedado escrever?

Isto acima de tudo: pergunte a si mesmo na hora mais tranqüila de sua noite:

Sou mesmo forçado a escrever?”  Ed. Globo, 16a. edição, p.22

Estas Cartas deixaram balizas que me acompanham por todos estes anos. Não porque eu seja uma poetisa ou um dia tenha aspirado algo próximo a isso. Mas compreendidas como lição de vida sustentaram escolhas e respostas que dei a mim mesma ao longo do caminho.

E mais uma vez as questões de Rilke me espreitam: por que criar um blog? Sou mesmo forçada a isso?

Não sou tão romântica quanto Rilke, também já não tão jovem e tampouco poeta. Logo, é claro que não morreria se não o fizesse. Mas de alguma forma me sinto forçada a cria-lo, a ideia do blog me persegue há algum tempo e não quis me deixar. Cresceu, tomou forma.

Mas por que cria-lo?

Porque amo viajar. Porque amo viajar com as crianças. Porque amo planejar viagens. Porque amo blogs e informações sobre viagens. Porque amo escrever, embora não seja escritora ou jornalista. Porque vivo viajando, em casa ou pelo mundo. Ah, e porque os amigos estão sempre me perguntando coisas sobre viagens.

Quase mais um filho gerado, então vamos ao parto!

Eis Crianças também viajam, e elas adoram! 

Bem vindo, Welcome, Bienvenue, Willkommen, Bienvenidos🙂

»

  1. Parabéns, Mamis!
    Vi pouco do blog, ainda, mas gostei muito; primeiro, porque amo também viajar, depois pela inspiração poética norteadora de Rilke; depois o “parto”, e essas suas crianças são demais! Adorei: “um pé no oeste o outro no leste”; não é mesmo maravilhoso a gente poder vivenciar essas experiências “limites” e perceber que o horizonte é infinito?
    Beijos, Telma

    • Oi Telma, super obrigada!
      Palavras mais que incentivadoras! Viajar com as crianças é mesmo maravilhoso e enriquecedor. E você percebeu que o post a que você se referiu, sobre um pé no leste outro no oeste, foi escrito pelo Dito? :-)bjs

  2. parabens pela iniciativa do blog. super util. sem duvida com um bom planejamento e muitas dicas a viagem pode ser melhor ainda. bjs e obrigada Fabi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s