E vocês conseguem aproveitar?

Padrão

É preciso ser sincera… claro que sim!

Passamos dias a fio todos juntos, numa relação intensa e sem a pressão da rotina do dia a dia. Temos tempo para estarmos juntos.

E também nos divertimos muito, passeamos, brincamos, rimos, experimentamos coisas diversas, tiramos fotos, descobrimos novidades e pedacinhos do mundo juntos.

Eles crescem, amadurecem e descobrem muitas coisas nestes dias. E nós estamos lá, ao seus lados.

Agora é claro que esta não é uma viagem de baladas ou restaurantes muito badalados onde não é comum levar crianças. Não bebemos mais do que uma taça de vinho, não dormimos de madrugada, não acordamos às 11:00 horas da manhã.

Mas sempre escolhemos um restaurante muito legal e recomendado para comemorarmos nossas férias, tem dicas aqui.

Uma pracinha de Santiago

Uma pracinha de Santiago

Também não tenha a ilusão de que viajando com as crianças será possível imprimir o ritmo de viagem que dois adultos aguentam.

Não dá para caminhar 12 horas por dia. Também não dá para conhecer todas as esquinas, museus, igrejas, restaurantes e praças de Roma ou Paris ou Nova York em 3 dias. Tampouco conseguirá visitar 5 países em 15 dias. Ah, e subir os mais de 462 degraus no Vaticano… só se for no colo (do Papis) :-O !

Esqueça este tipo de programação e vá mais devagar.

Em cidades grandes, com muitas opções de passeios, escolha cuidadosamente as coisas mais interessantes e concentre-se em aproveitá-las. Considere nesta escolha lugares que tenham coisas que possam atrair e interessar aos pequenos.

E o que ficar faltando? Fica para uma próxima viagem… Não é uma ótima dica!?🙂

Keep in mind, viajar com as crianças não é uma prova de resistência para elas.

Tente passeios mais devagar, um almoço mais demorado, uma parada num playground… Sabe que num outro ritmo acabamos descobrindo que ficar mais tempo nos lugares e fazer poucas coisas mais devagar é muito divertido?

Descobrimos coisas pequenas que na correria dos 5 países em 15 dias passariam desapercebidas. Existe uma infinidade de pracinhas com playgrounds, padarias, sorvetes, bancas de flores, lojinhas com coisinhas bonitinhas e feiras livres around world. Descubra-as!

Descobrindo um playground em Santiago do Chile

Descobrindo um playground em Santiago do Chile

E com mais tempo passamos pelos mesmos lugares, voltamos a um restaurante ou sentamos numa praça para tomar sol e sorvete como os habitantes do local. Percebemos melhor a forma como as pessoas vivem ali, nos apropriamos do  lugar. E ainda temos tempo para muitas fotos!

E as compras?

Também é possível faze-las, depende de organização, acordos muito claros e uma ajudinha do santo do Papis, que vai ter que distraí-los enquanto você olha umas coisinhas para você.

Agora não tenha a ilusão de que passará dias a fio entrando e saindo de lojas e experimentando toda a coleção de verão. Você não está sozinha em Nova York, né? Nem os Papis mais generosos costumam aguentar uma seção muito intensa de compras, imagine as crianças! Tem mais dicas aqui.

Quase tudo dito, faltou contar que a coisa que mais aproveito quando viajo com as crianças é linda, na verdade um presente delas para mim!

Elas me dão a oportunidade de conhecer ou rever lugares e coisas há muito conhecidos com novos olhos. Com os olhos de criança, aqueles que estão descobrindo o mundo!

Hoje revejo os lugares sob o ponto de vista delas. E é surpreendente a quantidade de coisas que não tinha visto ou percebido antes. Por exemplo, não mensurava o quanto Londres é mágica, um conto de fadas de verdade! (Mais aqui)

Em Londres, o conto de fadas que as crianças me apresentaram

Sinceramente, talvez não tenha aproveitado tanto os lugares e viagens sem as crianças…

»

  1. Ter todas estas dicas interiorizadas desde o início dos preparativos de uma viagem com os pequenos é fundamental, por que do contrario o caos se estabelece. E numa familia de 5 tudo toma proporções gigantescas!!!

    Mas, é sempre bom ler e reler dicas como essas. Por que atire a primeira sapatilha, a mulher q no fundo nao pensa em trazer um mimozinho bem unico de uma viagem. Rsrsr

    Mas descobrir e conhecer lugares sob o olhar curiosos dos nossos pequenos é um prazer e uma alegria sem preço.

    Felizes daqueles que conseguem reservar um tempo e um cofrinho pra desfrutar e conhecer lugares com aqueles que amam e que tanto queremos ensinar e compartilhar a vida.

    Este post é uma lição pra vida. Nao só aplicada em viagens, mas em muitos momentos da nossa rotina insana com filhos e outras milhoes de coisas q precisamos fazer!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s